TERRITÓRIO TRADICIONAL - RORO WALU

Roro Walu (conhecido como rio Jatobá) é o território originário do povo Ikpeng, onde nossos antepassados, avós e pais moravam, caçavam dançavam, namoravam e guerreavam. Curtiam sua cultura no dia a dia e viviam com muita saúde. Os Ikpeng mais velhos lembram com tristeza daqueles momentos.

Por isso damos muita importância a essa terra. Lá também estão coisas essenciais para a cultura Ikpeng: o morit, uma espécie de taquara usada para cortar cabelo em cerimônias; o ragop, uma planta usada como medicamento; o marimbondo ikpeng, usado em rituais de iniciação; e o rapiu, uma concha de caramujo usada para nossos brincos.

Lá também estão enterrados nossos avós, as placentas e os cordões umbilicais dos nossos antepassados e onde estão nossos lagos sagrados - elementos fundamentais para o nosso entendimento de território.

Por isso nós Ikpeng desejamos voltar para lá. Atualmente nos lutamos pela retomada da nossa terra ocupada por fazendeiros e madeireiros. De 2002 a 2010, já fizemos várias expedições para conhecer o lugar, e vamos continuar nossa luta até reconquistá-lo.

Nós fizemos o filme Pïrinop-meu primeiro contato para contar como foi para nós o primeiro contato com o homem branco, em 1964, na margem direita do Roro Walu, e mostrar porque é tão importante voltar para lá. Queremos também sensibilizar as autoridades e as pessoas para que apóiem nossa luta. Saiba mais.